sexta-feira, 22 de março de 2013

Empréstimos da linha de crédito especial do BB chegam a 760 mi



O Banco do Brasil desembolsou R$ 760,1 milhões em empréstimos da linha de crédito especial que financia o pagamento de impostos por micro e pequenas empresas. Foram mais de 25 mil clientes atendidos desde o lançamento da modalidade, em janeiro, até o dia 19 de março. A linha pode ser contratada até 28 de março. O total emprestado pode chegar a R$ 1 bilhão, valor disponibilizado.

Ela é voltada a empresas com faturamento de até R$ 3,6 milhões por ano. O prazo de pagamento pode chegar a 24 meses, com até três de carência, e a taxa de juros mínima é de 0,88% ao mês mais TR (Taxa Referencial).

De acordo com o BB, a linha é uma parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e tem como objetivo atender, principalmente, empresários do comércio que precisam de recursos para quitar tributos no início do ano. Neste período, os valores são mais elevados em função do aquecimento das vendas por conta de Natal, volta às aulas e férias e Carnaval para o segmento de turismo.

O banco destaca que há economia de 90% no Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre o empréstimo, pois esse tributo não incide na parcela de recursos do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) que compõe grande parte do lastro da operação.

Garantias 

O empréstimo pode ser contratado com garantias reais ou pessoais. Para a empresa que não conta com garantias suficientes, o BB coloca à disposição o Fundo de Garantia de Operações (FGO), que garante até 80% da operação e possibilita à empresa acessar taxas menores. Com o FGO, a taxa máxima é TR mais 1,86% ao mês. 

Com informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário